IJC

Conheça a história do Instituto de Juventude Contemporânea (IJC)!

Quando foi criado o IJC?

O IJC surgiu em agosto de 1999 como entidade, a partir da união de jovens membros de pastorais sociais do Ceará.

Quem participa do IJC?

Desde 1999, liderado por jovens militantes de muitos segmentos do movimento social, o IJC mobiliza a juventude em torno de projetos sociais que apostam no desenvolvimento integral dos/as jovens, gerando inovações e incidindo ativamente sobre a sociedade e a política.

Por que o IJC foi criado?

A entidade foi criada para ser instrumento de ação direta da juventude sobre seus próprios anseios, apostando na superação das desigualdades impostas aos/às jovens e na promoção do protagonismo juvenil, a partir de experiências que visam entender e pesquisar a juventude, reforçadas pela educação popular.

O que o IJC defende?

A organização trabalha os desafios locais e nacionais da juventude de forma articulada, contribuindo para a geração de referências inspiradoras de políticas públicas por meio das experiências obtidas nos nossos projetos, desenvolvendo a promoção da diversidade de gênero, geracional, étnica, racial e cultural que caracteriza a população brasileira, em especial, pela evolução dos direitos dos povos indígenas e quilombolas, da população negra, das pessoas com deficiência, das mulheres e dos LGBTs.

Quais são as linhas de ação do trabalho do IJC?

•    Direitos Humanos da Juventude;
•    Mundo do Trabalho;
•    Mídias, Tecnologias e acesso à Comunicação;
•    Fortalecimento de Organizações Juvenis no Campo e na Cidade;
•    Desenvolvimento Institucional;

Quais as vitórias já alcançadas?

O IJC construiu uma história de militância junto à juventude. Desde 1999, são mais de 40 projetos ou programas desenvolvidos, que beneficiaram mais de 60 mil jovens. A organização acumula a formação de centenas de militantes e a promoção de diversos temas, de forma contagiante, criativa, inovadora e transformadora, atuando como uma grande ciranda da diversidade e da justiça. Este é o compromisso do IJC: atuar para o aprofundamento da democracia, acreditando no debate e na construção coletiva.